sexta-feira, 31 de julho de 2009

Queimados realiza Campanha de Conscientização de Segurança Pública

Queimados realiza Campanha de Conscientização de Segurança Pública
Neste sábado, dia 1ºde agosto, a Prefeitura de Queimados promove uma campanha de conscientização em relação à segurança pública. A Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito instalará postos de adesivagem em 10 diferentes pontos da cidade a fim atingir e engajar o maior número de pessoas possível nas questões relacionadas à segurança.

De olho na I Conferência Nacional de Segurança Pública, marcada para acontecer entre os dias 27 e 30 de agosto, em Brasília, Queimados se antecipa e realiza a ação para alertar e prevenir a população de atos violentos. Embora não esteja entre os municípios mais violentos, de acordo com o Ministério da Justiça, o município quer realizar um levantamento, captar sugestões e opiniões dos moradores para aprimorar as ações e criar outras alternativas em prol da melhoria da segurança.

Na ocasião, a Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito prestará esclarecimentos, distribuirá folhetos informativos com dicas de segurança e comportamento de como se portar na rua, nos bancos, na condução, após as compras e, inclusive, quais os direitos e deveres do cidadão ao ser abordado pela polícia.

A adesivagem começa a partir das 9h e acontecerá nos seguintes pontos:

- Bairro Vila Americana – quadra de esportes;

- Bairro São Simão, Rua Carlos Sampaio;

- Bairro Porteira – Sinal de Trânsito entre a Av.Pedro Jorge e Av. Tinguá;

- Bairro Inconfidência – Praça da Bíblia;

- Estrada do Lazareto, bairro Ponte Preta – próximo ao supermercado Maringá;

- Centro – Praça dos Eucaliptos;

- Centro – Praça Nossa Senhora da conceição;

- Centro – Av. Pedro Jorge (enfrente ao banco do Brasil);

- Bairro Santa Catarina – Rua Vereador Marinho Heméterio;

- Bairro Santiago – posto de gasolina
Postado por Prefeitura de Queimados

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Transparência?

PM do Rio cria o Boletim Disciplinar

A "reestruturação" da Polícia Militar do Rio defendida pelo comandante-geral, o coronel Mário Sérgio Duarte começou. No boletim da PM de ontem, dia 29, o coronel assina a portaria 0325 que cria o Boletim Disciplinar Reservado (BDR). Agora, todas as punições a praças (soldados, cabos e sargentos, por exemplo) serão publicadas em um documento restrito. Ou seja, nada de transparência. O novo boletim trará elogios, dispensas do serviço e o principal: nomeações para procedimentos apuratórios e processos Administrativos Disciplinares (PAD), apresentação de policiais em Juízo, no Ministério Público e em Delegacias de Polícia, além das soluções de todas as apurações realizadas no âmbito da PM. Essa determinação deve entrar em vigor em 30 dias. Resumindo: na modernização da PM não se torna transparente a punição de oficiais e agora se esconde as sanções aplicadas aos praças.
Fonte :Jornal extra 30/07/09

PM é assassinado a tiros em assalto

• O subtenente da Polícia Militar Alberto da Silva Souza, do 20º BPM (Mesquita) foi assassinado durante uma tentativa de assalto na manhã de ontem, em Anchieta, subúrbio do Rio. Ele dirigia seu carro pela Avenida Marechal Alencastro, em Anchieta, Zona Norte, foi interceptado por ladrões que estavam em outro veículo.
O policial reagiu a tiros, mas foi baleado pelos ladrões. Os bandidos fugiram sem levar o carro de Alberto. Policiais foram chamados e socorreram o ferido, levando-o para o Hospital de Mesquita, onde morreu pouco depois.

OPERAÇÃO POLICIAL
• Em determinação do coronel Robson Batalha, comandante do 3º Comando de Policiamento de Área (CPA), policiais dos batalhões de Mesquita, São João de Meriti (21º), Rocha Miranda (9º), e Bangu (14º) realizaram pouco depois uma operação no Complexo do Chapadão, na Pavuna, para tentar identificar e prender os bandidos. Foram mobilizados cerca de 60 policiais que tiveram o apoio de dois carros blindados – os caveirões. Na área conhecida como Chapadinha foram apreendidos dois rádios comunicadores, 71 embalagens com pedras de crack e um caderno de anotação do tráfico. Seis pessoas foram detidas e levadas para a 39ª DP (Pavuna), onde prestaram depoimento e foram liberadas em seguida.
Fonte :Jornal hora H

Policiais podem ganhar hospital na Zona Oeste

Policiais podem ganhar hospital na Zona Oeste

O encontro com 150 cabos e soldados de batalhões da Região Metropolitana, hoje no QG, rendeu mais do que o comandante-geral esperava. Durante as mais de quatro horas de conversa, o coronel Mário Sérgio Duarte tirou dúvidas e ouviu as queixas da tropa. ...
E saiu de lá com projetos que podem melhorar bastante a vida de quem se arrisca para preservar a segurança da cidade.

Entre os principais pontos da pauta, está o estudo para a criação de um novo hospital para a corporação. A ideia é implantar a nova unidade na Zona Oeste, para atender melhor os policiais das regiões vizinhas e, assim, garantir mais leitos para eles. Também está em estudo a proposta feita pela tropa de um programa de atendimento psicológico.

Mário Sérgio também prometeu uma revisão no sistema correicional e pediu à Corregedoria para acelerar as decisões dos conselhos de disciplina. O comandante quer que os policiais que tenham condições, voltem imediatamente ao serviço de rua, acabando com a privação de liberdade ou afastamento prolongados de PMs em situação, digamos, menos graves. Só ficarão realmente fora de serviços os militares que respondem a casos passíveis de exclusão.

Outra novidade será a criação de um boletim disciplinar, divulgado separadamente do boletim interno da corporação. Com isso, as punições e medidas disciplinares tanto de oficiais quanto de praças, serão publicadas em um mesmo documento, sem distinção. Todos poderão saber sobre os processos administrativos e disciplinares de todos.

Sobre as mudanças nas promoções, assunto muito questionado pelos cabos e soldados, o comandante-geral reafirmou que vai manter as mudanças de cargo por tempo de serviço, mas vai estimular os concursos internos, conforme antecipou o Blog da Segurança. "Não vou fazer crueldade com quem está para ser promovido. Aquele policial que já completou 11 anos, com certeza será promovido ano que vem. Mas quero que os policiais estudem e cresçam, e não esperem 12 anos para serem promovidos. Quem vai agilizar este processo é o próprio policial, através de sua capacidade de aprender mais", disse.

Leia mais

Em breve novo blog do Comandante Geral ,blog do 01

Novo comandante vai lançar 'Blog do 01'

Vai se chamar 'Blog do 01' a página institucional do comandante-geral Mário Sérgio Duarte, que começa a funcionar semana que vem. O blog institucional será uma ferramenta direta para a comunicação do comandante com a tropa. Com isso, ele pretende passar ...
mensagens e ouvir as sugestões e críticas dos policiais.

Dia 25, também entrará no ar a nova página da PM na Internet. Totalmente modificado, o site promete ser mais ágil e disponibilizar mais informações aos policiais e à população.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Baixada-Está na cadeia padrasto que engravidou enteada em Queimados

Policiais da 55ª DP de Queimados prenderam nesta quinta-feira Roberto da Rocha, 63 anos, acusado de abusar sexualmente da enteada de 14 anos. Contra ele foi expedido um mandado de prisão pelos crimes de estupro e atentado violento ao pudor.

A vítima foi à delegacia e informou aos policiais que era molestada pelo padrasto desde os 9 anos de idade. De acordo com o delegado Niandro Ferreira Lima, titular da unidade, a menina estava grávida quando prestou depoimento. Após o nascimento do bebe, foi realizado exame de DNA que comprovou Roberto como sendo o pai da criança.


Jornal O Dia

Agendado com Comandante Geral.

Comandante Geral se reúne com cabos e soldados no QG
29/07/2009 - 11h43
Representantes de Cabos e Soldados da Polícia Militar eleitos por seus pares se reúnem nesta quarta e quinta-feira (29 e 30/07) com o Comandante Geral no auditório do Quartel General.

A reunião é para ouvir os principais anseios de quem lida diretamente com a população e com isso aprimorar os serviços prestados aos cidadãos.
Fonte : Site da PMERJ

Unidades pacificadoras(Upp`s) : O Rio pode dar certo.

Unidades pacificadoras: O Rio pode dar certo.
Depois de mais de 20 anos sob o domínio de homens que se autoproclamam os donos do morro ou "chefes do tráfico", os moradores de comunidades carentes começam a enxergar uma luz no fim do túnel. Desde novembro do ano passado, a secretaria de Segurança Pública iniciou um trabalho de ocupação social utilizando as Unidades de Polícia Comunitária (UPP), que hoje já estão no Morro Dona Marta, na Favela Cidade de Deus, na Favela do Batan e nos morros da Babilônia e Chapéu Mangueira. Durante um mês e meio, o repórter Camilo Coelho e o fotógrafo Pablo Jacob acompanharam de longe a movimentação em dois morros com tráfico de drogas. E fizeram flagrantes de bandidos circulando armados nos morro da Coroa e Zinco, ambos pertencentes ao Complexo do São Carlos, no Catumbi. Depois, para comparar, passaram alguns dias subindo os morros Dona Marta, Chapéu Mangueira e Babilônia. O resultado do trabalho foi contado nas páginas do EXTRA (leia abaixo):

Traficantes ocupam PPCs em duas favelas

O serviço-reservado da Polícia Militar está investigando uma informação de que traficantes da Favela Vila Cruzeiro, na Penha, teriam ocupado o Posto de Policiamento Comunitário (PPC), no alto do morro, que foi abandonado pela PM. Segundo informações passadas para a polícia, o traficante Fabiano Atanásio da Silva, que é conhecido como FB, teria determinado a destruição do imóvel e a utilização da laje como ponto de observação do tráfico. FB teria dito ainda que no local vai passar a ser realizado um baile funk. O serviço-reservado investiga ainda a informação que o posto do Morro do Turano, no Rio Comprido, estaria servindo como ponto de venda de drogas para os criminosos depois que a PM deixou o local.
Fonte :Jornal Extra online

Baixada

POLÍCIA

Comando-geral da PM realiza
troca-troca em batalhões e órgãos

Gilbert Correa

• A Polícia Militar, através de seu comandante-geral, coronel Mário Sérgio Duarte, está realizando modificações significativas em diversos batalhões e órgãos da corporação. Entres os que tiveram seu nome envolvido no troca-troca está o tenente-coronel José da Silva Macedo, que teve passagem pelo 15º BPM (Caxias).
Macedo entra no lugar do coronel Pedro Paulo da Silva no 14º BPM (Bangu). Na Baixada, foi exonerado o tenente-coronel Gilberto da Silva Guimarães, que estava na 3ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM). Também houve mudança no 35º BPM (Itaboraí) com a saída de José da Silva Macedo, que dá o lugar ao tenente-coronel Carlos Mendes Gomes de Oliveira, que estava no DGAL.

Baixada

POLÍCIA

Bandido morre em Nova Iguaçu

Gilbert Correa

• Um homem apontado como traficante de drogas morreu após trocar tiros com policiais do 20º BPM (Mesquita), no Km-32, em Nova Iguaçu. De acordo com relatos, os PMs, em guarnição com os sargentos Jonas e Tadeu, e cabos Evandro, Balbino, Guerra e Dos Santos, estavam em ronda de rotina pela região quando avistaram cinco homens em atitude suspeita na Rua São Paulo. Os sujeitos reagiram a tiros e abriram fuga, sendo perseguidos até a Rua São Pedro, onde houve novo confronto e um dos bandidos, conhecido como Curu, acabou baleado. Ele foi levado para o Hospital da Posse, mas não resistiu ao ferimento e morreu. Com ele os PMs encontraram uma pistola Colt calibre 45 e 216 trouxinhas de maconha. O caso foi registrado na 56ª DP (Comendador Soares).

terça-feira, 28 de julho de 2009

Tirado do blog de segurança

EM SÃO GONÇALO SÓ BOMBEIROS PODEM RETIRAR FERIDO DE LOCAIS DE CONFRONTO COM A POLÍCIA

Acordo firmado entre promotores do Júri e da Central de Inquéritos de São Gonçalo e autoridades policiais do município permite que a partir de agora só o Corpo de Bombeiros poderá retirar feridos em supostos confrontos envolvendo policiais e suspeitos ...
de cometerem crimes. O objetivo é evitar os falsos autos de resistência. O policial que desrespeitar o acordo pode ter a prisão pedida se for comprovada a intenção de fraude.

O acordo prevê ainda que a autoridade policial zele pela preservação do local e providencie no menor prazo possível a perícia, independente de haver ferido ou não no local. A ideia do acordo surgiu a partir de um inquérito com um falso auto de resistência quando um jovem foi sequestrado ao lado do tio e apareceu morto em outro local com armas e drogas onde não havia boca de fumo.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

PMs vão receber curso antes de atuar nas vias expressas

Antes de pisar nas vias expressas para reforçar o patrulhamento, policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) vão passar por uma reciclagem. A idéia é aperfeiçoar o serviço dos militares para um resultado mais eficaz e com menores danos à população. ...
A prioridade do reforço é atuar na Linha Vermelha e na Avenida Brasil, que, ontem à noite, foi mais uma vez alvo de tiros disparados por traficantes de favelas vizinhas.

De acordo com o comandante da unidade, coronel Aristeu Leonardo, alguns módulos do curso, como o de psicologia, de capacitação também vão 'desacelerar' o policial. "O PM que trabalha neste tipo de seviço fica sob um nível de estresse alto. Isso pode permitir que algumas falhas no
resultado aconteçam. Temos que partir do princípio de que há um ser humano ali, que precisa, sim, de atenção para que ofereça um serviço de qualidade", afirmou.

A partir de hoje, grupos de 20 PMs passarão a frequentar as aulas oferecidas por instrutores dos quadros internos da corporação e também de outros estados. O enfoque das aulas será principalmente nas técnicas de abordagem de veículos - onde o policial aprenderá quando e como proceder. No entanto, a preocupação com a ação dos militares é tanta, que ele também receberão noções de como desarmar alguém, imbilizar e conduzir o preso, evitando o uso da arma. "A idéia é só usar a arma quando realmente for necessário", ressaltou Aristeu.

O curso inclui ainda aulas de direção defensiva, ética e direitos humanos, pronto-socorrismo, teste de aptidão física - para garantir policiais mais em forma - e psicologia, visando o equilíbrio emocional dos PMs.

Leia mais

domingo, 26 de julho de 2009

Baixada

Marginal é preso
Gilbert Correa

• Policiais do 20º BPM (Mesquita) prenderam ontem à tarde Denílson Silva, 34, no bairro da Luz, em Nova Iguaçu. Os PMs disseram que estavam em ronda de rotina na Avenida Abílio Augusto Távora quando avistaram Denílson em atitude suspeita. Ele foi abordado e na revista pessoal foi encontrado no bolso de seu casaco cinco sacolés de cocaína. Ele teria confessado que costuma comprar a droga no Conjunto Amarelinho, em Irajá, para revender perto de uma faculdade em Nova Iguaçu e no Centro do município, além de também agir no Centro de Belford Roxo.
Quando era conduzido para a 52ª DP (Nova Iguaçu), teria oferecido aos PMs uma bicicleta e R$ 74 para ser libertado. Na DP, mesmo algemado, tentou fugir desesperado, mas foi recapturado já na rua. Levado para a central de flagrantes da 56ª DP (Comendador Soares), foi constatado que Denílson tinha seis anotações em sua ficha criminal, sendo quatro por roubo, um por porte ilegal de arma e outro por receptação.
Quem reconhecer

Baixada

Vovô é preso com
armas e aves em Japeri

Gilbert Correa

• O idoso Juarez de Andrade Pinto, de 78 anos, foi preso em flagrante em casa na Estrada Santa Teresa, em Japeri. Ele mantinha em casa 21 pássaros da fauna silvestre, cinco espingardas, uma garrucha e um trabuco (espécie de arma de fogo usada como armadilha para capturar e matar animais e até peixes). Ele não soube explicar a procedência das armas.
Juarez, que na ocasião da prisão disse que era caçador, foi levado para a 63ª DP (Japeri), onde foi autuado por porte ilegal de armas de fogo e por crimes ambientais, pela posse dos pássaros. Os animais foram encaminhados para centro de recolhimento em Seropédica.
Comandante quer acabar com prisões administrativas na PM
A decisão do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Mário Sérgio Duarte, de acabar com as prisões administrativas na tropa, anunciada pelo blog Praças da PMERJ, no dia 16, pode não ser tão fácil de ser aplicada. O deputado estadual Wagner Montes,
PDT, presidente da Comissão de Seguraça e Assuntos de Polícia, que se diz simpático à decisão de Mário Sérgio, ressalta que a competência constitucional para alterar o Regime Disciplar da Polícia Militar (RDPM) é exclusiva do governador Sérgio Cabral. "Nada poderá ser feito sem a chancela do governador", alerta Wagner Montes.
O deputado anunciou ainda que no mês que vem vai apresentar para ser votado na Alerj, a proposta de emenda constitucional (PEC) 41, que permitirá que o PM, ao ser absolvido de um crime na Justiça, seja reintegrado à corporação de imediato. "O que acontece hoje é que o PM é expulso, mas depois absolvido na Justiça. E é obrigado a entrar na Justiça novamente para ser reintegrado. Isso é um absurdo", explica.

Mudanças

Mudança na punição de PMs: Policial deve continuar prestando serviço à população
O chefe da assessoria de comunicação social da PM, major Oderlei Santos, garante que o Regime Disciplina da Polícia Militar já previa que os comandantes de batalhões avaliassem a necessidade da prisão administrativa. A praxe, entretanto, acabava sendo
pela encarceramento.
A partir de agora, o que o comandante da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, determinou é que o militar responda pelo crime sem a necessidade da prisão. "Isso é competência do comandante-geral sim. Não há uma mudança, estamos trabalhando com o que o RDPM já previa", afirmou Oderlei. Segundo o oficial, a reivindicação do fim da prisão administrativa era da tropa. Além disso, permitirá que o PM continue sendo útil à corporação. O que não significa que o militar não responderá pelas acusações.

Tirado do blog coturno carioca.

MUDANÇAS RADICAIS

Sem críticas pessoais ou políticas, muito se deve fazer para uma mudança estrutural e adptação para um novo modelo de polícia. Estas mudanças deverão ser radicais, como escalas e horários de serviço, remuneração, armamentos, instruções técnicas e táticas, sociais, psicológicas, familiares, pessoais, talvez até uma unificação para uma só polícia mais eficiente e com segmentos, mudanças políticas e etc...
E é com a união de todos, que essas mudanças poderão surgir para melhorar de uma vez por todas o bem estar de nossa sociedade, para que possamos possamos exercer verdadeiramente o direito de cidadão e poder cumprir com nossos deveres e obrigações perante uma sociedade justa e baseadas na carta magna que verdadeiramente rege as diferenças e indiferenças políticos sociais.
E não é só a segurança pública que passa por essa tormenta, mas também a saúde, a educação, etc...e etc...
Será que só se consegue esses direitos com a mobilização da população ? Dos caras pintadas ? Eleitor ou não, para que exerçam seus direitos de cidadão ?
Será que não existe vergonha na cara pelos famigerados acontecimentos que são divulgados pela mídia, tais como desvios de verba pública, contrações e licitações irregulares, absolvição dos culpados que descaradamente ignoram o clamor de socorro da população ordeira. O nosso País não uma pizzaria, que eles façam de suas casas de pizzaria e seus familiares escravos para seus caprichos pessoais. Tá na hora de dar um basta nesses descalabros, o gigante deitado eternamente tem que acordar e botar ordem na casa; e esse gigante é nada mais nada menos que o nosso povão. Vamos acordarrrrrr. Vamos votar concientemente. Só assim mudaremos este estado deturpado de sociedade justa apenas para alguns. O voto é nossa arma. 26 de Julho de 2009 13:02

Pagina de serviço

Serviços

NADA CONSTA

DOCUMENTOS

VEÍCULOS

ÓRGÃOS PÚBLICOS QUE PODEM AJUDAR O CIDADÃO

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

TELEFONES ÚTEIS (EMERGÊNCIA)

Corpo de Bombeiros: 193
Defesa Civil: 199
Polícia Militar: 190
Serviço de Atendimento Móvel de Urgência: 192

DICAS DE SEGURANÇA PARA O CIDADÃO

LINKS ÚTEIS
© 1996 - 2008 Todos os dir

Força ao Comandante Geral

Do blog "Reporte de Crime"
"Se eu trato meu policial como lixo ele vai se comportar como lixo"
Por coronel Mário Sérgio, comandante-geral da PM, do Rio, em depoimento ao repórter Natanael Damasceno, do GLOBO*

Sei que vocês queriam uma resposta rápida, mas a coisa é muito mais profunda. O problema é que o código diciplinar, o Regulamento Disciplinar, está muito defasado de seu tempo. Foi aplicado no tempo passado, onde as questões de Justiça eram entenditas de tal maneira que tudo se resolvia pela prisão. Todas as formas de penalidade, ou quase todas, eram resolvidas pela prisão. E no universo militar as punições aconteciam da mesma forma. Ou as pessoas cometiam uma falta muito leve e eram repreendidas, ou, se cometiam uma falta um pouco mais pesada, não exatamente graves, deveriam ir para a prisão. É uma ideia antiga de que a punição tinha que se estender ao corpo. Que as pessoas não teriam condições de entender o valor moral de uma punição. Mas isso é algo totalmente ultrapassado nos dias de hoje. A Justiça está olhando hoje para os crimes, que é algo muito mais intenso, mais grave do que uma transgressão disciplinar. Coisa como uma falta ao serviço pode ser resolvida de forma diferente. Então nós temos um grande número de transgressões de disciplina, como corte de cabelo, alinhamento de uniforme, que muitas vezes são resolvidas com o encarceramento. E isso não faz sentido. Isto é uma bobagem. Outra coisa é o instituto de se prender administrativamente à disposição do comando. Isso tem sido feito de forma arbitrária. Um comandante, por uma falta qualquer, chega na sexta-feira e fala: "Você está preso à minha disposição". Às vezes por coisas pequenas o policial ficava às vezes sexta, sábado e domingo longe da família sem saber porque estava preso. Eu não estou dizendo que isso (a prisão administrativa) não vai acontecer quando houver necessidade de fazer determinada investigação especial. Mas o comandante vai ter a obrigação de mandar alguém que lhe represente imediatamente ouvir o acusado, ouvir os acusadores, ouvir as testemunhas, colher todas as provas possiveis do que ele tá sendo acusado para mantê-lo preso. Senão não vai manter preso. Porque isso é arbitrário. Isso não acontece por exem na PC. Somos militares para sermos arbitrários? Para andar na contramão da História? Nós estamos ainda em Becaria. Nós estamos antes de Focault. Estamos antes das considerações de Beccaria, dos delitos e das penas. As pessoas, para entenderem o valor de uma penalização, não necessariamente têm que ter a pena estendida ao corpo. A corporação não reflete sobre estas práticas e um sem número de outras práticas que mantém. O comandante, por exemplo não precisa de um séquito, mas um grupo pequeno trabalhando, pensando as questões da PM. Temos que desconstruir estes temas. Pensar em assuntos como os direitos humanos dos policiais. Hoje o PM fica tão destituído de cidadania que a corrente hegemônica dos Direitos Humanos no Brasil diz que a defesa dos direitos humanos é só para as vítimas do Estado. Como o PM é o Estado, ela acaba ficando de fora dessa lógica. O Regimento Disciplinar não é a lei penal. Hoje se usa essa grande muleta judicial . Se o PM foi acusado de homicídio, e se encontra em flagrante delito, ele tem que ser preso. Se não está em flagrante, deve se instaurar um inquérito. E quem está mais avalizado no inquérito para decidir se ele tem de ser preso ou não é o juiz. É o juiz que decide da prisão preventiva ou provisoria. Mas sempre se usa a muleta porque é muito fácil. Qualquer coisa, prende o PM. Hoje se faz de uma forma muito covarde. Larga o cara na sexta-feira e segunda se vê qual é. Nos tempos modernos, seguindo as novas mentalidades do direito, não pode ser aplicado nem ao PM. Agora ele poderá ser preso sim, mas não de forma covarde. Qual é o sentido disso? Por que só com o PM? Não estou alterando o RDPM. Isso não é afrouxamento da DM, ao contrario, é trazer a PM ao ano de 2009. Não é só na disciplina que está atrasada. É em Tecnologia da Informação. Na qualidade do serviço prestado à população. Mas não adianta trazer esses benefícios sem tratar dos nossos. Tenho certeza de que a população vai entender, pois estamos fazendo um esforço de dar-lhes o melhor serviço. Mas preciso humanizar o policial para que ele se torne mais humano. Se eu trato meu policial como lixo ele vai se comportar como lixo.

----Muito bom! Excelente, continue assim, e o nobre Comandante Geral fará história na PMERJ, conseguiraá o apoio de 100% dos praças! Parabéns Cel Mário Sérgio!!!!
Agora, fique muito ligado, pois existem "mui amigos" INSATISFEITOS e doidos para puxar o vosso tapete!

Recado aos insurgentes (Texto de Berenice Seara no Jornal Extra de hoje)